Eclipse Lunar Total -A A +A

Na próxima madrugada do dia 21 de janeiro o Observatório Astronómico de Santana irá abrir portas, entre as 03h00 e as 06h00, para a observação do eclipse total da Lua que irá acontecer entre as 01h36 e as 06h48 dos Açores (mais uma hora no continente português).

Caso as condições meteorológicas o permitam, este fenómeno será possível de ser observado em qualquer local não sendo necessário qualquer material astronómico para acompanhar o fenómeno na sua totalidade. No entanto, o OASA terá o seu centro aberto a todos os interessados, assim como alguns telescópios para observar um pouco mais de perto a Lua.  A entrada fixa-se em 1€ para maiores de 5 anos, não sendo necessária marcação.

Os eclipses da Lua ocorrem quando a Terra passa entre o Sol e a Lua. Para que isso aconteça, a lua deve estar na fase cheia, e também encontrar-se no plano da eclíptica (o plano orbital da Terra). Durante o máximo deste eclipse a Lua ganhará uma cor avermelhada, fenómeno que ganhou recentemente o título de "Lua sangrenta". Este eclipse lunar coincidirá com uma "super lua", nome dado quando a fase de Lua cheia concide com a altura em que a Lua se encontra no seu ponto mais próximo Terra.

Longe de ser uma premonição, esta cor vermelha resulta da refração e da dispersão da luz solar na nossa atmosfera e a que podemos assistir todos os dias em que o céu está limpo. Antes do nascer do Sol ou após o seu ocaso, também vemos o céu a nascente ou poente com um tom mais alaranjado e por vezes avermelhado e, se houver nuvens altas, também as veremos com essa cor. Durante um eclipse total da Lua, este astro não desaparece, fica muito mais escuro mas ainda é iluminado por essa luz que a nossa atmosfera dispersa e refracta, comportando-se como uma gigantesca lente. Nada de anormal. Sempre foi assim com todos os eclipses totais da Lua."

Como explica o Observatório Astonómico de Lisboa, o eclipse total da lua será visível a partir de África, Europa, América do Norte, extremo leste da Ásia, Oceanos Atlântico e Pacífico. A progressão do eclipse nos Açores é a seguinte:

A lua entra na penumbra às …………………………. 01:36
A lua entra na sombra às …………………………….. 02:33
Meio do eclipse às ………………………………………. 04:12
A lua sai da sombra às ………………………………… 05:50
A lua sai da penumbra às ……………………………. 06:48

Grandeza da penumbra do eclipse = 1,201 considerando o diâmetro da lua como unidade.

Pelas 04h12 o eclipse atinge o seu máximo, permanecendo na totalidade até às 04h44. Durante este período ocorrerá também o instante de Lua Cheia, às 04h16min.  A partir das 04h44, a Lua começa a sair da sombra, saindo totalmente pelas 05h51, terminando a ultima fase do eclipse pelas 6h50. No final do dia, pelas 18h59min, ocorrerá o perigeu.

Informação complementar em: NASA

Mais informações sobre as "Super Luas" de 2019 em: Observatório Astronómico de Lisboa